BLOG


Cerâmica ou Porcelanato? Eis a questão!

1-02-2017 18:27:47 pm

 

Que tal falar um pouco sobre os revestimentos disponíveis no mercado? É importante saber as principais características de cada um para evitar possíveis problemas futuramente.

Uma dica é que: placas grandes são indicadas para locais maiores e placas menores para ambientes de menor extensão. Isso facilita o trabalho do pedreiro e reduz a perda de material também.

Fique atento ao ambiente em que os pisos serão instalados. Áreas molhadas demandam revestimentos antiderrapantes (áreas externas, banheiros e cozinha, por exemplo).

Já nos ambientes secos, como salas e quartos, podem ser colocados pisos com acabamento liso e brilhante.

É interessante frisar que pisos com brilho são mais frágeis e que o desgaste é percebido principalmente em corredores de grande circulação de pessoas.

Vamos aos tipos de revestimento:

Cerâmica

São feitas principalmente por uma mistura de argila com outras substâncias químicas. Além de mais baratas que o porcelanato, têm disponíveis modelos esmaltados e naturais (as esmaltadas são mais resistentes à umidade e a produtos químicos!)

Observem as categorias:

Tipo A é a cerâmica de primeira linha;

Tipo B e C têm a mesma resistência que a primeira, mas aparecem alguns defeitos em seu acabamento;

Tipo D não tem garantia de resistência, além de seus defeitos visíveis, e não é muito recomendada, pois tem sua vida útil muito curta.

Porcelanato

Na sua fabricação, com massa porcelânica e argilomineirais, sofre mais queima que as cerâmicas, o que proporciona maior resistência ao produto final. Outra vantagem é a baixa absorção de umidades, além de ser mais fácil de limpar. Tem uma facilidade maior na hora da instalação, pois todos têm o mesmo tamanho, sem grandes variações entre as peças.

 

E então, decidiu qual será o seu piso?

Conte com nossa consultoria e projetos. Entre em contato conosco e faça um orçamento:

contato@dettagliarquitetura.com.br ou (16) 3397-4124